Digital Drink: como tudo começou

Digital Drink: como tudo começou

 

 

 

 

Os temas de Marketing e Comunicação sempre mexeram comigo. Sempre estive ligada a agências de comunicação, marketing e eventos, que têm de traçar o perfil do melhor evento, da melhor campanha que serve os propósitos do cliente. E para isso precisamos de saber o mais que pudermos da marca: não só os seus objetivos superficiais (sucesso), como mais ainda os mais profundos, o que a marca deseja verdadeiramente atingir: awareness? notoriedade?proximidade com o público-alvo? As perguntas e a pesquisa não fica por aqui: quem é o seu público-alvo, quais são os seus interesses, idades, localização geográfica…

Nessa base, e querendo aprofundar os meus conhecimentos de Marketing, inscrevi-me numa Pós-graduação (PG) em Marketing Digital, no IPAM, em finais de 2015. Foi nessa PG que conheci alguns dos professores que acabaram por ser os fundadores da Digital Marketers – Associação de Marketing Digital.

Foi no final de 2016, com a PG já terminada que soube através de uma colega que havia sido recentemente formada uma Associação especialmente focada no Marketing Digital.

Confesso que não perdi muito tempo a pensar e propus-me a ajudar. A meu cargo e em estreita colaboração com Filipe Carrera e Carlos Ascensão, desenhámos o que é hoje o Digital Drink. Um evento que queremos que seja pequeno em termos de dimensão, mas grande em termos de networking, partilha e de conhecimento através do convite mensal a um especialista que de uma maneira ou doutra esteja ligado à temática do Marketing Digital.

 

O 1º Digital Drink de todos foi com Pedro Rebelo, no dia 4 de outubro de 2016, Managing Partner e Founder da Wise – Talent Partners, que veio falar de Recrutamento nesta área. Um tema aliciante, transversal a todos e que gera sempre bastante debate.

 

Para o Digital Drink, de dia 2 de novembro de 2016, o convidado foi Bruno Oliveira, Brand Manager da Sumol e colega da PG, que veio falar da sua experiência e dar-nos a visão de cliente perante uma audiência recheada de agências.

 

O ano de 2016, encerraria com Luis Martins, Head of Marketing na IT People Innovation, no dia 6 de dezembro. Luis Martins explicou-nos, neste Digital drink, a diferença entre Realidade Aumentada e Realidade Virtual e ainda trouxe consigo óculos Hololens fascinando e divertindo os participantes deste evento. Tanto, que este foi um dos Digital Drink que não conseguimos de todo cumprir o horário de encerramento às 20h30 🙂

 

O 4º Digital Drink e primeiro de 2017, no dia 3 de janeiro de 2017, contou com a presença de Virgínia Coutinho, na altura ainda estava como Senior Director, Global Marketing Management da Socialbakers. Foi uma conversa informal e com bastante debate sobre as novidades a decorrer nas redes sociais e foi feita uma espécie de “futurologia controlada” sobre quais seriam as próximas.

 

Marketing Intelligence foi o tema do Digital Drink que se seguiu, no dia 9 de fevereiro, com Luis Madureira, Partner da ÜBERBRANDS. Luis Madureira explicou o conceito de Marketing Intelligence e de que forma as marcas devem e podem tirar proveito desta ferramenta para uma estratégia mais capaz e forte. Uma conversa que gerou bastante debate e questões sobre a importância do Marketing Intelligence para as Marcas.

 

Foi também em fevereiro que surgiu o Digital Drink Porto, com a colaboração e apoio de Sónia Costa e Pedro Silva. “Um ano de Digital Drink no Porto”, um artigo de Sónia Costa pode ser lido na íntegra neste link.

Como iríamos ter a Conferência Tecnologia e Consumo no dia 18 de abril, o Digital Drink Lisboa de 7 de março, teve não apenas um, mas 2 convidados de peso: André Zeferino, CEO da Work Value Intelligence e Nelson Pimenta, CEO da Seegno. Cada convidado trouxe-nos um tema: André Zeferino abordou o tema Data Marketing Analytics, título de um livro de que é autor; Nelson Pimenta sugeriu o tema “Knowledge Emptiness: how millennials are trading their memory for search“ um tema bastante atual e por vezes controverso. Foi um Digital Drink bastante participativo e dinâmico.

 

No dia 2 de maio, Ricardo Tomé, Diretor-Coordenador da Media Capital Digital, quis falar sobre content. “Digital Content, ou simplesmente Content?“ foi o tema trazido pelo nosso convidado com um “je ne sais quois” de provocação. Um Digital Drink animado, onde o nosso convidado trouxe casos reais de sucesso, lançando algumas questões para debate.

 

O último Digital Drink antes das férias, no dia 6 de junho, teve a participação especial de João Alberto Catalão, Presidente e Founder da YouUp, com o tema “Hiperconexão – ameaças e oportunidades”. Um tema apaixonante, conduzido com bastante humor e alguma provocação pelo nosso convidado.

 

No dia 12 de setembro, o digital drink regressou em força, com a presença de Inês Salgado, Digital Acceleration Team Manager da Nestlé, que como não podia deixar de ser trouxe-nos o Case Study do Digital Acceleration Team da Nestlé, uma unidade de inovação digital, que foi inaugurada, em Portugal, no dia 29 de janeiro de 2016 com o objetivo de acelerar as áreas de Digital, Social e eBusiness da Nestlé. Foi sem dúvida um Digital Drink de muita partilha e aprendizagem.

 

No dia 3 de outubro, Cátia Magalhães, Digital Communication & Mercedes me da Mercedes-Benz, veio falar-nos sobre A Digitalização do Setor Automóvel. Neste Digital Drink a conversa foi animada e percebemos que entre os participantes contávamos com acérrimos defensores e consumidores da marca.

 

O último Digital Drink deste ano, realizado no dia 5 de dezembro, foi com as Bloggers do Style It Up, a Margarida e Cátia. A Margarida explicou-nos como é gerir um blog, a relação com as suas fãs e como gerem as “investidas” das Marcas. Foi um encerramento de um ano de Digital Drink com muito diálogo e questões por parte dos participantes.

 

Tem sido um prazer fazer esta “viagem” e quero agradecer a todos os convidados, a todos os espaços que nos apoiaram ao longo de todo este tempo como é o caso do Vestigius Bar, Brown’s Central Hotel, International Design Hotel e Lux Lisboa Park, sem esquecer todos os associados que confiam em nós e não perdem um Digital Drink.

Para quem ainda não conhece a Digital Marketers, conheça-nos neste link. Estamos também presentes no facebooklinkedin e twitter.

Um agradecimento muito especial a Carlos Ascensão, Carla Viana, Filipe Carrera, Patrícia Paranhos, Sónia Costa e Pedro Silva pelo trabalho desenvolvido e que 2018 seja ainda melhor que 2017!

Sobre Dora Tormenta

Licenciada em Relações Internacionais e pós-graduada em Marketing Digital. Sempre trabalhou em agências de comunicação, marketing e eventos e adora tudo a ver com marketing, social media, estratégia, criatividade, pessoas.

Adora compreender as marcas e as suas motivações. Foi nesse sentido que no último quadrimestre de 2015 tomou a decisão de se inscrever na Pós-graduação em Marketing Digital do IPAM, que considera foi a melhor aposta que podia ter feito, não só pela aprendizagem, que continua a ser incessante e veloz, mas mais ainda pelas pessoas que tem vindo a trazer para o seu núcleo, quer profissional, quer pessoal.

Mãe de 1 cria humana e de 2 cães, adora passear e viajar com a família e amigos, nos seus tempos livres.

 

 

Nota: o artigo foi originalmente escrito para o LinkedIn

Partilhar
Share